sexta-feira, 30 de dezembro de 2011

5° dia de viagem - Puerto Madryn a Puerto Deseado











ONDE ESTAMOS AGORA ( Click no link )


30/12/2011

Hoje conhecemos um pessoal de Brusque que está voltando do Ushuaia. Ficaram hospedados no mesmo hotel que ficamos em Madryn, Hotel Fantilli. São eles: Jorge, o Daniel e a Thais. Foram com uma DL650 e uma "Rally"Davidson, rsss. Pro cara ir com uma dessa no rípio, só assim mesmo. Nos deram boas dicas para nossa estadia lá no Ushuaia.
Saímos o mais "temprano" possível de Madryn. Não tivemos problema com combustível, mas acho que alguns postos aqui adulteram a gasolina pois umas rendem bastante e outras mal chegam a 200 km e já estão quase na reserva. Abastecendo a cada 200 km é tranquilo. O GPS ajuda muito pois no mapa tem todos os postos e fica fácil saber onde será o próximo abastecimento e normalmente onde tem um posto, tem outros postos próximos a ele. Passamos por Comodoro Rivadavia e Caleta Oliva, cidade que ficam a beira do mar. Apesar do vento muito forte que nos fazia andar a menos de 100km/h e bem inclinados, pudemos curtir belíssimas paissagens. Uma boa parte deste trecho seguimos costeando o oceano. Conhecemos também o Eduardo, um caminhoneiro que nos deu a dica de não seguir a rodovia padrão de rípio para o Ushuaia, e sim outra que o rípio está melhor e tem poucos caminhões. O casal de Curitiba aconselhou ficar em Cerro Sombrero e sair o mais cedo possível pra evitar o vento que dificulta a pilotagem no rípio. Bom, por enquanto é isso. Já sentimos um pouco o efeito deste vendo neste trecho. Queremos agradecer a compania e os comentários de todos. É muito bom saber que estamos sempre acompanhados. Nem faz uma semana e já sentimos saudades de tudo ai, até dos meus cachorros, o Tedd e o Marley ;) . Isso nos dá força pra vencer todo cansaço e curtir a viagem. Amanhã vamos fazer um passeio com a Expedição Darwin, se tudo der certo, pois precisa de uma certa quantidade de pessoas para sair o passeio. Por hoje é isso, amanhã tem mais.

quinta-feira, 29 de dezembro de 2011

4° dia de viagem - Rio Colorado a Puerto Madryn





















29/12/2011

Saímos de Rio Colorado 7h, hora local, como o café da manhã sairia mais tarde resolvemos tocar e comer algo na estrada rodamos uns 230 km e paramos para abastecer em um posto da Shell e aproveitamos para comer algo. Bom como a gasolina do outro dia rendeu muito essa que colocamos não redeu nada, pois a quilometragem para baixar um risco no marcador da 650 caiu para 123 e da 1000 também teve um consumo alto e tivemos que parar para usar a gasolina reserva para podermos chegar a Puerto Madryn.Procuramos um hotel ficamos no Fantilli,  bom preço e bom quarto. Demos um passeio pela orla, cidade muito bonita com um clima bem agradável, Madrym é um balneário como Balneário Camboriú no Brasil, só que menor.
Cada vez mais temos mais horas com sol que noite por aqui o sol esta se pondo umas 9h da noite aqui, 10 h no Brasil e pela manhã antes das 6h já esta alto. Bom amanhã vamos sair cedo para Puerto Deseado onde vamos passar o Reveillon.

3° dia de viagem - Azul a Rio Colorado





28/11/2011

Saímos de Azul, onde ficamos no Hotel Los Tilos, e fomos abastercer em um posto YPF. Incrível como essa gasolina rendeu, tanto na minha DL1000 como na 650 do Carlos. Um parâmetro que sempre temos nas motos é quanto ela roda antes de apagar o primeiro ponto do marcador de combustível . A minha rodou incríveis 128,5 km e a do Carlos 178 km, antes de apagar o primeiro ponto. Normalmente a 1000 apaga antes dos 90 km e a 650 antes dos 155 km. Fica ai os recordes pra quem quiser bater. Pegamos a ruta 3, batemos a foto na famosa placa que indica Ushuaia a 2859 km e seguimos até Baia Blanca para pegarmos a 22 até Rio Colorado. Fui acompanhando a temperatura e acreditem, chegou a 40 graus, quase insuportável dentro da roupa. Não podia nem abrir a viseira de tão quente que era o vento. Isso acabou gerando muitas paradas e perdemos mais de duas horas com isso. Já na ruta 22, paramos num posto de vigilância sanitária onde pediram pra abrir as malas pra saber se não tinha produtos de origem animal ou vegetal. Tudo certo e quando íamos seguir viagem, vimos um casal logo atrás do posto com uma kawasaki antiga e fui logo falar com eles. Disseram que estavam vindo de Buenos Aires e iriam para um lugar a uns 200 km dali, porém a moto estava afogada e estavam esperando alguém do posto com boa vontade para ajudar. Foi então que saltei da moto, chamei o Carlos e disse que ajudaríamos. Demos uma boa empurrada e a moto pegou. Ficaram felizes da vida. Dei um adesivo da nossa viagem pra eles e seguimos juntos até um certo ponto que aceleramos mais e eles foram ficando pra trás. Esse é o espírito do motociclismo, ajudar sem esperar nada em troca. Chegamos em Rio Colorado e na procura por de um lugar pra ficar, ficamos no Hotel Ancona, onde uma senhora muito gentil de nome Ivone, nos atendeu muitíssimo bem. Amanhã seguimos para Puerto Madryn.

quarta-feira, 28 de dezembro de 2011

2° dia de viagem - Santana do Livramento a Azul ARG


La Posta del Viageiro em Moto

Este de Camisa Azul é o Guilhermo


Casal de Curitiba
27/12/2011

Amigos, estamos postando o Segundo dia hoje porque chegamos tarde e estávamos muito cansados, devido ao ocorrido. Acordamos umas 5:30 pra arrumar as bagagens na moto e tomar um café, antecipadamente agendado com o dono do hotel. O Edson comprou pão pie nesse horário não teria. Saímos do hotel e fomos carimbar o passaporte do Henrique, que havia esquecido no dia anterior. Seguimos para Paysandu. Passamos pela Aduana Uruguaya e pasmem, o cara simplesmente perguntou: Todos carimbaram o passaporte e tem carta verde? Todos dissemos sim e passamos batidos. Fica ai o alerta, qualquer um rouba um carro ou uma moto no Brasil e entra ali sem qualquer problema, sem ao menos ter que mostrar qualquer documento. Impressionante.
Seguindo viagem, paramos em Tacuarembó e paramos para abastecer pois não teríamos mais posto até Paysandu onde faríamos a saída para a Argentina. Alguns kilômetros depois do abastecimento tem um trecho em asfaltamento e recém os trabalhadores haviam colocado britas e estavam bem soltas. O Edson e o Henrique passaram primeiro e depois o Nico e o Luiz. O Luiz perdeu o controle da moto, pegou a brita solta na beira da estrada e capotou com a moto. Eu que vinha logo atraz só vi uma poeira e o Nico também tombando, pois ele se assustou quando o Luiz passou desgovernado por ele e também perdeu o controle da moto. Fiquei assustado no momento e também tive dificuldade em parar a moto pois queria parar rapidamente para socorrer o Nico pois eu não tinha visto o ocorrido com o Luiz, o Carlos que vinha mais atrás também teve dificulade de parar. Só quando cheguei perto do Nico que vi o Luiz na lateral da estrada já se levantando. O Nico ficou deitado e um casal, que a esposa era médica, já estavam nos ajudando. Foi muito ruim ver tudo isso. Por vários motivos, incluindo os trabalhadores que liberaram a estrada daquele jeito sem antes compactar as britas. Graças a Deus, todos estavam bem. O Luiz só começou a sentir as dores depois que esfriou. O Nico caiu de ombro e teve problemas na clavícula. Teve outro casal que nos ajudou muito pois ligaram para o hospital na cidade onde havíamos abastecido e deixaram tudo encaminhado pois a nora deles era enfermeira lá e conheciam também a enfermeira chefe. Foram nossos anjos da guarda. Isso sempre acontece. Quando menos esperamos recebemos ajuda de todo lado. Ficamos ali até tudo de acalmar e reunimos o pessoal para decidirmos a viagem. Então eu e o Carlos seguimos para Azul e o Edson e Henrique ficaram para agilizar o necessário com o Nico e o Luiz. Soube que tiveram uma ajuda muito importante do BR Cojack. Nesses momento é que sabemos o quanto vale este círculo que formamos.
Seguimos, eu e o Carlos para Paysandu, fizemos a Aduana, que são juntas, Uruguaya e Argentina. Conhecemos um casal muito legal de Curitiba, o Bassetto e a Nany. Tiramos foto com eles. Seguimos até pegar a 14, famosa ruta dos “POLICIAIS” corruptos. Fomos logo parados assim que entramos na 14. Disseram que tínhamos excedido a velocidade e que tínhamos que pagar ali 350 pesos e não podiam nos dar nenhum comprovante. Ai o tempo fechou. Reclamei que isso sempre acontece com os Brasileiros que passam ali, que já havíamos reclamado sobre isso com o governo Argentino e bla bla bla. Que não tínhamos dinheiro, somente cartão e que poderíamos levar a multa para pagar no banco. Por fim, pegamos as coisas na moto e fui dar a chave para o policial dizendo que ia pegar uma carona pra ir até o consulado resolver o problema e que eles ficariam responsáveis pelas motos. Não deu outra, voltaram atrás e disseram: podem seguir viagem, antes anotaram os dados da moto e da CNH e liberaram a gente. Seguimos viagem, paramos para comer e abastecer e conhecemos mais uma figura muito gente fina, o Guilhermo (www.estambulenmoto.blogspot.com/ e www.moscuenmoto.blogspot.com) um argentino que já viajou pelo Brasil e tem ido viajar pela Europa também, mostrou fotos etc. Tínhamos pedido um lanche no posto, quando fomos pagar disseram que já estava pago pelo Guilhermo, muito gente boa. Daí seguimos para Azul e já estamos “azul” de cansaço kkk. Chegamos e fomos achar um hotel, conseguimos um até bonzinho e quando fomos sair pela manhã, conhecemos outro camarada chamado Fito, que nos indicou uma agência de turismo de um amigo no Ushuaia que poderá ser útil para encontrarmos hotel e outras coisas que necessitarmos, como passeios, etc... Saindo de Azul tentamos novamente conhecer o Jorge, de lá posta Del viajero em moto mas ele já tinha saído para trabalhar e então conhecemos o Carlos de BH que está com uma XRE300 também indo para o Ushuaia. Deixamos um adesivo com ele e seguimos pra Rio Colorado.

segunda-feira, 26 de dezembro de 2011

1° Dia de Viagem - Floripa a Santana do Livramento



26/12/2011

Confrorme combinado, nos encontramos as 5 da manhã no posto shell da expessa. Reunido a galera fomos até o posto galo do Shoping Itagaçú pois era um dos únicos aberto naquela hora. Tivemos o privilégio de receber boa viagem pessoalmente da namorada do Edson, a Liane. Tanques cheios seguimos viagem. Saímos em 7 motos pois fomos acompanhados pelo Titi até Porto Alegre, que agora está com uma F800GS zerinho. Parabéns pela motoca!!!!. A viagem foi tranquila, tirando uma pane seca na moto do Luiz, devido ao consumo elevado naquele trecho. A salvação do Luiz foi que o Nicolau ofereceu sua mangueira e também a gasolina. A única condição era que o Luiz tinha que dar uma chupadinha...rssss e assim ele conseguiu chegar no próximo posto onde eu, Renato, e o Edson estavamos esperando, pois estavamos um pouco adiantados e não percebemos o problema. Chegando em Santana do Livramento fomos recebidos pelo BR Cojack que prontamente nos auxiliou na busca de um lugar pra dormir, inclusive nos acompanhando até o Hotel. Além disso, agilizou as cartas verdes pro Edson, Henrique e Nicolau. Tudo certo no hotel, fomos adiantar os carimbos nos passaportes da aduana Uruguaia e pra variar o Henrique esqueceu o passaporte no Hotel. Voltamos ao Hotel para descarregar a tralha, tomar um banho e sair para comer algo. Agora estamos em um bar chamado El Borrego, tomando uma PATRICIA, cerveja Uruguaia de primeira qualidade. É isso, amanhã saímos cedo para vencer mais 900 km até AZUL na Argentina, onde vamos conhecer o Jorge em La Posta Del Viajero en Moto. Valeu pessoal por nos acompanharem.

Abraços. By Renato

quarta-feira, 16 de novembro de 2011

Roteiro da Viagem

O nosso roteiro original já sofreu várias alterações. Amigos que já viajaram pela Patagônia nos deram algumas sugestões e que agregamos ao projeto: como o Betão e o Paulo Cesar, o Hector, amigo do Renato, entre outros experientes motociclistas.

Entendemos que já estamos praticamente fechados quanto as cidades que ficaremos. Estas cidades podem ser identificadas no seguinte Link: Expedição Ushuaia

Para saber onde estamos, click na imagem:

quinta-feira, 27 de outubro de 2011

Logo Da Viagem


Amigos, estamos agora a menos de 60 dias da nossa partida, agora já temos o Logo da nossa viagem. Não deve sofrer grandes alterações. O objetivo é colar este, em forma de adesivo, ao longo da viagem, em pontos estratégicos por onde passaremos. Contamos mais uma vez com o apoio do nosso amigo Franklin, mago das editorações gráficas, para esta magnífica elaboração. Este logo também será usado para as camisetas da viagem. Até início de dezembro já devemos estar com tudo pronto e só esperando a partida. A ansiedade sempre é grande nos últimos dias que antecedem a saída, mas é uma ansiedade boa. Logo estaremos colocando o roteiro previsto da viagem. A compania de todos será muito importante nessa aventura. ;)

quinta-feira, 21 de julho de 2011

Fim do Mundo


Ushuaia é a cidade mais austral do mundo – também conhecida como o “Fim do Mundo” – tem pouco mais de cem anos e já possui uma história riquíssima. Em Ushuaia, se encontra um entorno paisagístico espetacular, contornado por bosques, montanhas, rios e lagos. Ushuaia está localizada na Ilha da Terra do Fogo, Argentina. http://www.ushuaia.inf.br/ 


EL CALAFATE

Glaciar Perito Moreno
El Calafate é uma pequena cidade localizada na província de Santa Cruz, Argentina próxima a fronteira com o Chile. O clima é frio, com média anual de sete graus, temperaturas máximas por volta de treze graus e minímas de dez abaixo de zero. A maior atração aqui é o Parque Nacional dos Glaciares, patrimônio da humanidade onde vamos visitar o glaciar Perito Moreno.