terça-feira, 3 de janeiro de 2012

8° dia de viagem - Cerro Sombrero/CHI a USHUAIA!!!!!






Hoje, 02/01/2012, foi o nosso dia triunfal. Como programado chegamos ao FIM DO MUNDO, o último lugar, mais ao sul, habitado do planeta.
Saímos um pouco tarde de Cerro Sombrero, onde fomos muito bem atendidos, ótimo café, ótima cama e tem até posto de gasolina...rsss. Chegamos na Aduana para sair do Chile e já pegamos uma fila enorme, pois tinha muita gente saindo do Ushuaia. Fui averiguar e percebi que tinha uma fila pequena onde atendiam caminhões e “motos”. É claro que mudamos de fila. Acabamos perdendo uma hora na aduana Chilena. Conhecemos dois camaradas de Erechim RS que estavam com duas varadeiro. Saindo para a aduana Argentina, veio um carro preto em nossa direção e o motorista gritando na janela... quase pulando na nossa frente.... Bom, encontrar um Brasileiro aqui é legal, de Florianópolis muito mais... agora, encontrar o Joel (Bigode) na estrada de rípio voltando do Ushuaia, não tem preço. Muito, muito legal e emocionante. Senti o zoinho dele brilhando (quase revirando) quando viu as duas VStrom. Tenho certeza que ele queria estar ali com a gente de moto, acelerando naquele rípio. Tiramos várias fotos e fizemos filmagem. Em especial coloco nesta postagem uma foto que demonstra o carinho que temos por esse camarada.
Seguindo viagem, fizemos a aduana Argentina e fomos rumo ao Ushuaia, faltando mais uns 200 km. Muitos tem curiosidade sobre o rípio e do vento lateral que faz, às vezes, a gente andar inclinado. Bom, o rípio aqui não passa de uma estrada de terra com umas pedrinhas na sua maioria bem compactada. Ajustando a suspensão e baixando um pouco a calibragem dos pneus, se anda tranquilamente a 80 km por horas e praticamente sem ficar de pé na moto. Os ventos às vezes um pouco fortes, mas totalmente controlável na pilotagem.
Seguindo rumo ao Ushuaia, uns 50 km antes de chegar, a paisagem muda totalmente. É uma coisa mágica. Imaginem as montanhas com picos gelados, vales com rios e lagos, uns pinheiros lindos... coisa de cinema. Um clima muito romântico e acho que por isso muitos casais, apesar das dificuldades de uma viagem de moto, o que torna a vitória da chegada muito mais emocionante, vem pra cá. Acho que muitos fazem disso uma forma de renovar seus votos de amor.

Estamos felizes e realizados. Viajar de moto faz com que você conheça cada metro do caminho. Para quem sabe o que é isso não precisamos explicar e para quem não sabe, não tem explicação.
Amanhã faremos umas manutenções nas motos, um reconhecimento geral na cidade e visitaremos o parque nacional onde encontraremos a placa do final da Ruta 3 que começa em Buenos Aires e termina aqui com seus 3079 km, dos quais percorremos quase na sua totalidade.
Gostaria aqui de homenagear um pessoa que apesar de estar longe, viaja conosco de alguma forma e escreveu esta poesia que demonstra claramente o que sentimos e como existe um ligação muito grande nos sentimentos.

Ushuaia, fim do mundo

Aqueles dias marcaram minha vida,
Construíram minha historia e somaram às realizações.
Aquelas estradas guardam um pouco de mim,
E naquelas curvas escondi as lágrimas que teimaram em cair.
Deixei para trás as pedras do caminho,
E levei junto as bonitas recordações.

Lá no fim do mundo, na terra do fogo, eu senti frio,
Porque nada se compara ao calor do lar.
O sopro daqueles ventos eu respirei,
Pois vieram trazer inspiração para novos sonhos.
Os dias passaram, os quilômetros aumentaram e chegou a hora de voltar.
Eu sabia que cada trecho percorrido me levava para mais perto de casa.

Acelerado? Só o coração, porque tem alguém a me esperar.
E ao meu lado? Meu amigo e minha moto a me acompanhar.
E no coração viajante apaixonado?
Aquele grande amor – agora descompassado.

Juliana C. Garbinato

Seguem as fotos:

6 comentários:

  1. Lindo post Renatinho, me emocionei com o relato e principalmente com o poema da Ju :).
    Já estou contando os dias pra vocês voltarem, saudades enormes! Beijos, Nanda.

    ResponderExcluir
  2. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  3. Lindo !!!!! Tudo muito lindo.
    A quem me drera poder ver isso de perto.
    Mas como é impossível, me delicio com as fotos.
    Mas agora pessoal, chega de amenturas .2012 espera por vcs. de braços abertos aqui no Brasil---Floripa. Eu estou com saudades de meu menino CALICO!!!.
    Boa viagem de retorno , que Deus os acompanhe novamente.Abraço a todos
    Maria Chirolli.

    ResponderExcluir
  4. Parabens pela realizaçao do sonho, extensivo ao Luiz que ajudou a construir essa conquista. Abração

    ResponderExcluir
  5. Parabéns Renato e Calico.

    Ushuaia qualquer um pode ir mas poucos chegam.

    ResponderExcluir
  6. Renato e Calico Parabéns pela merecida realização deste sonho. Quem curti e vive o motociclismo sabe o que significa esta conquista...Não basta sonhar temos que buscar sua realização...

    ResponderExcluir